Casablanca, Marrocos

 

    Oi pessoal, beleza?
    Mês passado estive no Brasil, visitando minha terrinha querida e nem preciso dizer que amei matar a saudade que estava de pessoas que tanto amo, dos passeios a lugares que nunca tinha ido e de voltar a sentir o sabor da melhor culinária do mundo!
    Resolvi postar tudinho aqui no blog para que vocês possam ver o que estive fazendo nesses dias, e especialmente para deixar de recordação para mim mesma esses momentos que já sinto imensa falta!
    Mas vamos começar do começo haahahaha pois antes mesmo de chegar em solo brasileiro, estivemos, eu e minha mãe, em Marrocos. Isso mesmo, em Marrocos na cidade de Casablanca. Não sei explicar o bololô para chegar nessa parada maluca hahahaha só sei que optamos pelo maior conexão para que desse tempo de conhecer pelo menos um pouquinho do lugar. Aquele velho ditado, né? "Se a vida te der limões, faça uma limonada" hahahahaha. Chegamos lá às 16:00 da tarde, o voo de Lisboa até Casablanca é bem rápido, dura no máximo duas horas, e só embarcamos no outro dia por volta do meio dia. Assim que chegamos acabamos perdendo um tempinho até chegar no hotel para deixar a mala e acabamos por só conseguir visitar um lugar... Como o país ainda é cheeeeio de tabus em relação às mulheres, sair de noite se torna algo quase que impossível. Mas o que visitamos valeu a pena, juro juradinho. 
    Fomos a Mesquita Hassan II, que é a segunda maior mesquita do mundo. O lugar é mesmo gigantesco e fica na beira da praia. Estava cheio de gente, principalmente crianças que corriam de um lado para o outro (sério, haviam muitas crianças correndo). 
    Em Marrocos o idioma que falam, além do árabe e berbere, é o francês o que não ajuda muito hahahhaah. No aeroporto e no hotel haviam pessoas que falavam inglês, mas na rua pode esquecer, é francês ou mímica.
    No dia seguinte, acordamos e nos arrumamos para ir ao aeroporto. Embarcamos no voo eterno, que você pode acordar e dormir umas 3 vezes e ainda assim ficar um tempão olhando para teto sem fazer absolutamente nada hahahaha. Quando chegamos no Brasil já era noite, lá para as 20:30, então só fomos jantar em um restaurante perto da casa da minha tia e naninha. 






   Continuo contando para vocês sobre a viagem em um próximo post :D Espero que tenham gostado, beiju beiju! Não esqueçam de curtir e de me seguir nas redes sociais Facebook | Instagram.

Roma, Itália - Dia 5

     E enfim chegaram as fotos do quinto e último dia da viagem :( Pode apostar que sem dúvida nenhuma desejo voltar à Itália pra visitar Roma de novo, ou quem sabe Milão né? ahahhaha 
No último dia, eu e a minha amiga, saímos pra bater perna e descobrir lugares que ainda não tínhamos ido. Fomos nos guiando pelo mapa que encontramos no chão mesmo hahaha
     Voltamos no Monumento Nacional a Vítor Emanuel II, pois no outro dia que tínhamos passado por ele foi bem rapidinho, só de passagem mesmo, e as fotos não tinham ficado muito boas. Esse edifício foi construído em homenagem ao primeiro rei da Itália unificada. Você pode subir as escadarias que existem do lado de fora do monumento e lá de cima consegue ter uma visão surreal da cidade!!! Dentro você pode visitar uma exposição sobre a história da imigração italiana, mas no dia não optamos por esse passeio heheheh Logo em frente ao monumento, que é tipo gigantesco, temos a Piazza Venezia que além de linda é uma das principais praças da cidade pois liga diversas avenidas importantes (incluindo a que leva direto ao Coliseu)
     Depois seguimos para o Monte Capitolino, e só pelo nome acho que já dá pra imaginar que é uma subidinha haahaha mas quando você chega lá em cima se depara com a Praça do Capitólio, que vale super a pena. Nessa praça damos de encontro com uma réplica da Estátua de Marco Aurélio que está lá desde 1981, a original foi removida para restauro e está atualmente no Museus CapitolinosUm pouco mais pra frente chegamos na Terrazza Del Campidoglio, de lá você tem tipo uma vista perfeita das famosas ruínas do Forúm Romano, este que fica localizado mesmo no centro de Roma e que têm as ruínas de várias construções públicas de grande importância cultural, antigamente era conhecido como Fórum Magno. É lindo!!!!!!! Tivemos a sorte de chegar lá e pegarmos o por do Sol com essa paisagem de outro mundo!

Monumento Nacional a Vítor Emanuel II
Piazza Venezia
Praça do Capitólio
Terrazza Del Campidoglio com vista para as ruínas do Fórum Romano

#saudadesItália <3
Espero que tenham gostado, beiju beiju! Não esqueçam de curtir e de me seguir nas redes sociais Facebook | Instagram.

Roma, Itália - Dia 4

    
     Oiii pessoal, tudo bem? 
     Então, no quarto dia voltamos ao Vaticano para tentar de fato entrar e ver direitinho como é tudo lá dentro e aproveitamos para tirar mais fotos do lado de fora também. E só tenho uma coisa pra dizer pra vocês: É LINDO!
    Nesse dia não passeamos muito, fomos ao Vaticano e de seguida ficamos um bom tempo andando por volta do Rio * e sentadas apreciando a paisagem. Mais tarde fomos ao Parque * e tivemos uma das melhores vistas da viagem todas. Lá de cima você consegue ver absolutamente tudo e como fomos no fim da tarde, o pôr do sol ajudou bastante pra mágica acontece hahahaha recomendo muitíssimo!!!

Vaticano
Pietà de Michelangelo
 Ponte Vittorio Emanuele II

Roma, Itália - Dia 3



     Olá pessoal!!! Tudo bem?
     Hoje trouxe fotinhos (o vídeo fica pra depois) do terceiro dia de viagem, o qual, tenho que frisar, teve um pôr do sol de tirar o fôlego!!! Alô, vejam o céu cor de rosa das fotografias!!! Separei para a publicação somente três fotos em meio as 580 das que tirei dessa ponte hahahahha
    Então vamos lá: Esse dia, muito provavelmente, foi o dia da viagem que acordamos mais cedo. Queríamos muito ir em uma feirinha de domingo que meus pais (que já lá foram a algum tempo) disseram ser bem legal e engraçada ao mesmo tempo, pra ser honesta a descrição deles foi "Letícia, me senti em uma feira do Brasil de novo!" e risos. Então, como boas curiosas que somos, eu e minha amiga pulamos da cama cedinho e com as orientações da minha prima saímos de casa com a missão de encontrar a tal da feira. Nem preciso dizer que nos perdemos, não é? Andamos pelo Campo Di Fiori, atravessamos a Ponte Siso, andamos pela Trastevere (diga em voz alta esse nome) e ué?! Cadê a tal da feira? Ah, uma brilhante ideia: vamos pedir ajudar aos italianos sem falar um pingo de italiano, um inglês bem quarta série e um portunhol hahahaha mas no final das contas conseguiram nos ajudar e descobrimos que estávamos a uns 20 minutos andando na avenida de cima da qual deveríamos, ou seja, o tempo todo estávamos do lado da feira! Só tínhamos errado uma única rua hahahahaha. O bom desse erro foi que, ao andar na rua de cima, podemos ver vários grafites espalhados pelas paredes e escadas. Depois, andamos o caminho de volta, ainda pegamos um bondinho porque já eramos romanas legítimas e almoçamos em casa. 
      Logo de tardezinha decidimos continuar nossos passeios de aventureiras, já que minha prima não poderia andar conosco aquele dia. Traçamos no mapa, aquele o qual achamos no chão, o caminho para irmos até a Piazza Di Spagna. Dessa vez deu tudo certinho hahahah ainda damos uma volta pelo Campo Marzio e na Piazza del Popolo a qual existe uma centena de vendedores de flores. Quando estávamos a voltar, demos de encontro a queridíssima Pizazza Navona, nossa chodó de viagem.

Turista é bobo mesmo, né? Tira foto da tampa do bueiro só porque achou parecido com corações hahahha - Trastevere
Campo Marzio
Piazza Di Spagna

Pizazza Navona

Espero que tenham gostado, beiju beiju! Não esqueçam de curtir e de me seguir nas redes sociais Facebook | Instagram.

Roma, Itália - Dia 2

Olá, galerinha! Tudo bem?
     Hoje trago para vocês o segundo round das minhas publicações da viagem hahaha espero que não se cansem do assunto antes de eu ter postado tudo e já peço desculpinhas pela demora entre uma publicação e a outra, mas é mesmo porque conseguir tempo para fazê-las tem sido uma tarefa um tanto complicada.
     Bom, então vamos lá. No segundo dia de viagem, o primeiro lugar que fomos conhecer foi a Ponte Vittorio Emanuele II que liga o centro histórico de Roma (que era onde estávamos hospedadas) com o Vaticano. Falando assim até nos dá a impressão de que liga lugares super longe, mas não se enganem queridos leitores, lá quase tudo é perto e você pode ir andando numa boa. Além disso, a ponte é "bellissima" e digna de uns bons clicks da câmera fotográfica.
     Depois, claro, fomos ao Vaticano que é demais! Dia 28/01 caiu em um sábado, ou seja, a fila para entrar na igreja estava gigantesca e acabamos por desistir e voltamos outro dia, portanto, logo mais repetirei o local em outra publicação aqui no blog e teremos fotinhos melhores.
      Andamos mais um pouco pela cidade, fizemos uma paradinha para comer pizza e seguimos em direção à Ponte Sant'Angelo. É mais uma ponte linda, na cidade das pontes que é Roma hahahah. Esta, diferente das outras, fica ao pé do Castelo de Sant'Angelo e, igualmente às outras, corta o rio Tibre.
     Alguns passos depois, estávamos no Ghetto que é o bairro judeu de Roma. Lá, fomos à Chiesa di Sant'Angelo in Pescheria ou Pórtico de Otávia, eu não entendi muito bem qual é o nome do local e quando se pesquisa na internet parece que um foi Construido sobre o outro, me perdi. Masssss o lugar é brutal, mesmo muito bonito e diferente.
     De noite, minha prima nos levou ao AltaRoma que é como se fosse a semana de moda de Roma. Depois fomos para casa, caminha e boa noite para nos prepararmos para a caminhada do dia seguinte hahaha


 Ponte Vittorio Emanuele II
Vaticano
Ponte Sant'Angelo
Castelo de Sant'Angelo
Ghetto


Um postal com a fotografia de um "bello" italiano hahahahah
AltaRoma

Espero que tenham gostado, beiju beiju! Não esqueçam de curtir e de me seguir nas redes sociais Facebook | Instagram.